domingo, agosto 21, 2011

Enquanto isso!!

Somália: Crianças as mais afectadas pela tragédia humanitária

As crianças afectadas pela fome na Somália têm menos de 40 por cento de hipóteses de sobreviver, advertiu a directora do Programa Alimentar Mundial (PAM), Josette Sheeran, que considerou o desastre humanitário no país de "a pior situação a que já assisti".
Josette Sheeran falava durante a conferência de imprensa que se seguiu à reunião ministerial convocada pelo Fundo das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em Roma, e sublinhou que a principal preocupação do PAM são as crianças.

"O nosso principal motivo de inquietação são as crianças, que estão de tal maneira fracas e em estado de desnutrição tão avançada que têm poucas hipóteses de sobrevivência. É a pior situação a que já assisti", frisou.
A directora do PAM explicou que durante uma recente visita à região foi confrontada com testemunhos de mães que, na tentativa de fugirem da fome para países vizinhos, tiveram que deixar os filhos pelo caminho.

Josette Sheeran informou que já foi possível fazer chegar ajuda humanitária a 1,5 milhões de pessoas e que o programa das Nações Unidas atende diariamente cerca de 300 pessoas em Mogadíscio, capital da Somália.

O PAM, referiu, deve fazer uma ponte aérea para Mogadíscio, "com o objectivo prioritário de distribuir suplementos alimentares que não precisam de ser diluídos em água, que vão permitir às crianças recuperar algumas forças".

A funcionária do PAM adiantou que a fome que afecta a região do Corno de África se agravou com "a seca que fustiga uma população debilitada e pela inacessibilidade das organizações internacionais às populações das zonas em conflito. É preciso salvar vidas, não é uma questão política, é a humanidade que deve juntar-se para salvar vidas", disse. O director-geral cessante da FAO, Jacques Diouf, lamentou que parte da ajuda ao desenvolvimento que os países destinam à agricultura se tenha reduzido nos últimos anos.

Jacques Diouf explicou que a reunião de urgência da FAO visava preparar a conferência de doadores em Nairobi, Quénia, e indicou que são necessários 1,6 mil milhões de dólares nos próximos 12 meses e 300 milhões nos próximos dois meses, para acudir à crise alimentar provocada pela seca no Corno de África. São ainda necessários 120 milhões de dólares para a agricultura, 70 milhões dos quais devem ser disponibilizados "imediatamente", frisou Jacques Diouf.

A reunião de Roma foi convocada pela FAO a pedido da França, que preside actualmente ao grupo das nações mais industrializadas G20. Cerca de 40 mil pessoas afectadas pela seca e fome que assolam o Corno de África chegaram a Mogadíscio e arredores em busca de água e comida desde o início de Julho, informou terça-feira uma porta-voz do Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).As crianças afectadas pela fome na Somália têm menos de 40 por cento de hipóteses de sobreviver, advertiu a directora do Programa Alimentar Mundial (PAM), Josette Sheeran, que considerou o desastre humanitário no país de "a pior situação a que já assisti".

Josette Sheeran falava durante a conferência de imprensa que se seguiu à reunião ministerial convocada pelo Fundo das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em Roma, e sublinhou que a principal preocupação do PAM são as crianças.

"O nosso principal motivo de inquietação são as crianças, que estão de tal maneira fracas e em estado de desnutrição tão avançada que têm poucas hipóteses de sobrevivência. É a pior situação a que já assisti", frisou.

A directora do PAM explicou que durante uma recente visita à região foi confrontada com testemunhos de mães que, na tentativa de fugirem da fome para países vizinhos, tiveram que deixar os filhos pelo caminho.

Josette Sheeran informou que já foi possível fazer chegar ajuda humanitária a 1,5 milhões de pessoas e que o programa das Nações Unidas atende diariamente cerca de 300 pessoas em Mogadíscio, capital da Somália.

O PAM, referiu, deve fazer uma ponte aérea para Mogadíscio, "com o objectivo prioritário de distribuir suplementos alimentares que não precisam de ser diluídos em água, que vão permitir às crianças recuperar algumas forças".

A funcionária do PAM adiantou que a fome que afecta a região do Corno de África se agravou com "a seca que fustiga uma população debilitada e pela inacessibilidade das organizações internacionais às populações das zonas em conflito. É preciso salvar vidas, não é uma questão política, é a humanidade que deve juntar-se para salvar vidas", disse. O director-geral cessante da FAO, Jacques Diouf, lamentou que parte da ajuda ao desenvolvimento que os países destinam à agricultura se tenha reduzido nos últimos anos.

Jacques Diouf explicou que a reunião de urgência da FAO visava preparar a conferência de doadores em Nairobi, Quénia, e indicou que são necessários 1,6 mil milhões de dólares nos próximos 12 meses e 300 milhões nos próximos dois meses, para acudir à crise alimentar provocada pela seca no Corno de África. São ainda necessários 120 milhões de dólares para a agricultura, 70 milhões dos quais devem ser disponibilizados "imediatamente", frisou Jacques Diouf.

A reunião de Roma foi convocada pela FAO a pedido da França, que preside actualmente ao grupo das nações mais industrializadas G20. Cerca de 40 mil pessoas afectadas pela seca e fome que assolam o Corno de África chegaram a Mogadíscio e arredores em busca de água e comida desde o início de Julho, informou terça-feira uma porta-voz do Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).
Fonte: Jornal de Angola




Mahna Mahna





Durma com um barulho desse...kkkkkkkkkkkkkkkkkkk




sexta-feira, agosto 19, 2011

Briga de casal !!!

Olá amigos e leitores do blog...hoje quero abordar um tema muito complexo e que se não tratado devidamente leva as piores consequencias possíveis,"Briga de Casal".
Motivado por um fato ocorrido na manhã de ontem , onde um bom amigo veio a ser assassinado,ao tentar defender uma vizinha que apanhava do marido ,vou tentar buscar algumas ideias para tentar amenizar estes fatos, que ocorrem dia a dia em todo o mundo.


Certa vez me deparei com uma mulher que se dizia,maltratada pelo marido, sempre reclamando que não aguentava mais apanhar,que ele a traia , e nada de bom lhe oferecia,sem me aprofundar no assunto, perguntei-lhe..."Se é desta forma que ocorre porque você não busca uma forma de concertar isso", quase cometi uma insanidade,ia  dizer para ela que se separa e tocar a vida,más isso não é a solução. Brigas de casal acontecem motivadas pelos mais absurdos motivos,logo abaixo uma ilustração de exemplos que dão inicio a uma tragédia conjugal.






Eu ficaria dias aqui , dando exemplos de motivos que causam  brigas,vamos fazer uma forcinha e praticar alguns destes exemplos abaixo.
Segue ai umas dicas que encontrei em "Histórias Para o Coração 2 de Steve Stephens".
  1. Iniciar cada dia com um beijo
  2. Usar aliança o tempo todo
  3. Jantar fora uma vez por semana
  4. Aceitar  as diferenças
  5. Ser cortês
  6. Ser gentil
  7. Oferecer presentes
  8. Sorrir com frequência
  9. Tocar um no outro
  10. Conversar sobre projectos
  11. Escolher uma canção que seja ” a nossa canção”
  12. Acariciar as costas um do outro
  13. Rir das mesmas coisas
  14. Enviar um cartão sem motivo especial
  15. Fazer a vontade dele ou dela
  16. Ouvir com atenção
  17. Incentivar
  18. Agir de acordo com o jeito dele ou dela
  19. Conhecer as necessidades um do outro
  20. Preparar o café da manhã dela ou dela
  21. trocar elogios duas vezes por dia
  22. Telefonar um para o outro durante o dia
  23. Deixar a pressa de lado
  24. Andar de mãos dadas
  25. Trocar carinhos
  26. Pedir a opinião um do outro
  27. Demonstrar respeito
  28. Ser cordial quando ambos chegam em casa
  29. Cuidar da aparência
  30. Piscar um para o outro
  31. Celebrar aniversários com uma grande comemoração
  32. Pedir desculpas
  33. Perdoar
  34. Planejar uma fuga romântica
  35. Perguntar: ” O que posso fazer para deixar você mais feliz?”
  36. Ser uma pessoa positiva
  37. Ser uma pessoa bondosa
  38. Ser vulnerável
  39. Atender rapidamente ao pedido do outro
  40. Conversar sobre o amor entre vocês
  41. Recordar os bons momentos da vida em comum
  42. Tratar os amigos e parentes do outro com cortesia
  43. Enviar flores no dia dos namorados e dia do casamento
  44. Admitir os próprios erros
  45. Ser sensível aos desejos sexuais do cônjuge
  46. Orar um pelo outro diariamente
  47. Contemplar o por-do-sol ao lado do cônjuge quando possível
  48. Dizer com frequência: Eu amo você
  49. Terminar o dia com um abraço
  50. Procurar ajuda fora do lar quando necessário